sábado, 6 junho 2020

“Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados”

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.
Artigos de:

Francine Camargo

Estavam dispostos a morrer de paixão

Estavam dispostos a morrer de paixão, caso não perecessem antes pelo dito maldito, pelo sentido mal-acabado, do encontro falido.

Todos temos aquele amigo

Amigo dá muito sintoma no corpo: dor de barriga de tanto rir, choro compulsivo ou lágrima modesta (por qualquer motivo), sono arrasador durante o dia por passar a madrugada conversando, dor na cabeça de tanto pensar numa solução para o incômodo do outro.

Depressão, terapia e alguns lenços

Essa era uma história real até ser contada. Não sei bem o motivo, mas ao relê-la e reviver os detalhes, tornou-se algo quimérica aos meus olhos de leitora. Talvez porque tenha surgido sem sofrimento, sem tragicidade, com aceitação. E, para mim, é o que vale, olhar para trás e, enfim, poder sorrir.

Aquela moça

Tem alguém muito próximo que você julga conhecer, mas não conhece. Tem alguém muito próximo que esconde suas angústias. Assim como você.