sábado, 6 junho 2020

“Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados”

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.
Artigos de:

João Neto Pitta

O medo e o marketing religioso: Saramago e Schopenhauer

O Demônio, sem dúvida, é a maior estratégia de marketing para o comércio religioso

Do fruto proibido aos movimentos feministas: ensaio sobre a transgressão feminina

O Feminismo desperta amor e ódio, entre os homens talvez mais ódio do que amor, afinal, uma mulher que trabalha e que é autônomo deixa de viver para o homem e passa a viver para si.

Ninguém nasce mulher, torna-se mulher: Simone de Beauvoir e a Posição da Mulher na Sociedade

A ideia de submissão feminina, da escolha de uma cor que a represente (rosa), de uma roupa apropriada para o seu sexo (saia, blusa, vestido), da potencialidade ”inerente” de lavar louça; são percepções cauterizadas e condicionadas pela tradição e não pelo código genético.

O Amor Tem Data de Validade? Bauman e o Amor Líquido

Se o amor tem data de validade, quanto tempo dura o amor?

Rótulos que Desumanizam por Bertold Brecht e Erving Goffman

Gays, negros, índios, deficientes, não passam de máscaras (rótulos) colocadas pelo sistema normativo para segregar o mundo entre normais e anormais, humanos e não humanos.

Apareço, Logo Existo: O mundo das aparências por Bauman, Nietzsche e Shakespeare

A internet é um paraíso digital no qual podemos selecionar um mundo só nosso: somos mais bonitos, mais pacientes e mais inteligentes. Para fugir do inferno dantesco que é a realidade, basta uma espaçonave para o mundo digital. Quem topa a viagem?

Caos no Espírito Santo: Mais do que um problema policial, um problema ético!

Somos defensores da ética da conveniência ”Se está bom pra mim, tudo bem!”, o que não percebemos, é que, olhando por essa perspectiva, não somos mais uma sociedade coletiva com direitos sociais, somos bichos acéfalos que terminarão em uma luta de todos contra todos.