sexta-feira, 29 maio 2020

“Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados”

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.
Artigos de:

Josie Conti

Idealizadora e administradora do site CONTI outra. Psicóloga formada há 16 anos, teve sua trajetória profissional passando por diversas áreas de formação e atuação como educação, clínica, recursos humanos e saúde do trabalhador. Hoje, utiliza o conhecimento adquirido para seleção de pessoal e de material adequado aos sites com que trabalha. Realiza vídeos, palestras, entrevistas, tem um programa diário na rádio 94.7 FM de Socorro e escreve para diversos canais digitais. Sua empresa ainda faz a gestão de sites como A Soma de Todos os Afetos e Psicologias do Brasil. Atualmente possui mais de 10 milhões de usuários fidelizados entre seus seguidores diretos e seguidores dos sites clientes. Em 2017, foi convidada para falar sobre conteúdo de qualidade no evento “Afiliados Brasil” de São Paulo, à convite da Uol, pois o CONTI outra foi considerado um dos melhores sites de conteúdo ligados a empresa.

Os segredos da amizade verdadeira

O amigo estará presente nos momentos de alegria ou de tristeza, na sua dor ou no seu sucesso. E como bom amigo, ele será aquele que dará um jeito de não “morrer de inveja” das suas conquistas simplesmente por que ele sabe que você merece ser feliz.

“Quanto mais vazia a carreta, maior o barulho que faz”.

O excesso sufoca, impede o pensamento, aniquila o espaço da troca e da criatividade.

Diga-me como você reage quando é contrariado e eu te direi o seu grau de maturidade.

A capacidade de administrar contrariedades com equilíbrio (e o mínimo de cordialidade) é um dos principais indicativos de maturidade emocional.

Pelo direito de postar fotos felizes no Facebook

Embora entendamos que algumas pessoas cometam excessos: o perfil é pessoal e nele o usuário, desde que siga as regras da plataforma, decide quanto de si quer mostrar – ainda que o que opte por exibir seja julgado como um exagero pela maioria das pessoas.

Por que nos sentimos mal (ou bem) perto de algumas pessoas?

O que o contato com outras pessoas pode causar dentro de nós

Em um mundo de extremos, caminho do meio é estrada deserta.

As pessoas estão tão fechadas em si e em suas visões de mundo que reagem mais a si mesmas que ao outro. É um efeito espelho. E, se a pessoa olha para o outro e só vê a si mesma, dificilmente perceberá as nuanças da relação.

Falência múltipla dos sentidos

É devastador quando a realidade insiste em esmurrar a tua porta e te lembrar repetidamente que, na prática, são realmente poucos os que ainda merecem consideração, são dignos de respeito, profissionalismo e fidelidade.

Sofro de baixa tolerância a egos inflados

Pessoas com egos inflados são aquelas que por falta de autoconhecimento, complexo de inferioridade ou seja lá qual trauma ou necessidade que traga consigo, precisa se autoafirmar perante os outros de maneira repetitiva.

Liberdade é poder escolher um mundo de opostos…e não sentir culpa por isso.

Apegamo-nos a ideias, escolhas, status e projetos de vida que fizemos há décadas sem perceber que aquele que um dia fez essa escolha já não é a mesma pessoa.