Carta para o meu eu do futuro
Autoconhecimento

Carta para o meu eu do futuro

Nunca se esqueça de onde veio e quem é. Compartilhe o seu sucesso com o maior número de pessoas. Plante nos seus jardins esperança, pois já existem pessoas demais destruindo sonhos. Tenha paciência com quem errar, porque um dia você também errou bastante.

Olá! Quem lhe escreve é o seu eu do passado. Talvez ache inusitada ou anormal essa carta e, se assim for, algo terá mudado em ti, pois eu acharia, no mínimo, divertida. Escrevo-lhe, pois, com o tempo, às vezes nos esquecemos de coisas importantes e vamos, pouco a pouco, deixando a nossa essência de lado.

Aqui no passado, as coisas andam difíceis. Sabe como é, são tempos difíceis para os sonhadores, e você é um desses. Como diria Drummond, você é um caso perdido de poesia. A vida adulta, cheia de somas e de matemática, parecem não lhe agradar. Sendo bem sincero, você parece não fazer parte desse plano. Vive imaginando coisas e situações. A vida real é tão sem tempero pra você.

Você quer ser alguém especial, deixar a sua marca. Quer se apaixonar e viver um grande amor. Quer que sintam sua falta quando se for. Mas não há tempo para essas coisas. É preciso trabalhar, correr, ganhar dinheiro, trabalhar, correr, ganhar dinheiro e, se possível, ganhar mais dinheiro. Você não lida bem com essa burocratização da vida e, por isso, passa a maior parte do tempo triste.

Você quer ajudar as pessoas a pensarem fora da caixinha, a questionarem a ordem estabelecida. Mas não há tempo para essas coisas. O único conhecimento rentável é o conhecimento técnico. Então, é preciso ter uma boa formação técnica, trabalhar, correr, ganhar dinheiro, ter uma boa formação técnica, trabalhar, correr, ganhar dinheiro e, se possível, ganhar mais dinheiro. Você não lida bem com essa tecnificação da vida e, por isso, passa a maior parte do tempo sozinho.

Você acha que a vida precisa de mais arte e poesia. Mas as pessoas acham que você é louco. Ainda assim, você acredita nos seus sonhos e espera a sua oportunidade. A oportunidade de abrilhantar o mundo com o que você tem de melhor. Bem, até agora essa oportunidade não chegou, mas você continua lutando para sobreviver no admirável mundo novo.

Não sei como estará a sua vida ao ler esta carta, mas hoje é assim. Espero, com todo o meu coração, que tudo tenha mudado e que os seus sonhos tenham se realizado. E, se assim for, sei que estará feliz. Então, digo-lhe que se lembre de tudo que passou, dos momentos em que só eu acreditei em você, para que não se torne soberbo com o sucesso.

Seja sempre um cara simples e humilde com as pessoas. Faça o máximo para ganhar sorrisos por onde passar e esteja disposto a ajudar quem precisa de um ombro amigo. Saiba usar as palavras para consolar os que precisam e fazer rir os que sofrem do senhor de todos os males.

10

Acredite no melhor das pessoas, pois o que, muitas vezes, precisamos é de alguém que acredite que podemos ser melhores. Sempre que necessário, peça desculpas e sempre diga obrigado. Tente ser o melhor que pode, todos os dias, ainda que em algum deles não consiga.

Algumas coisas faltaram nessa lista, mas acho que disse o principal. Não se esqueça de fazer o que disse. Fica bem e se cuida.

PS: seja um agricultor de amor e colha sonhos por toda a vida.

Leia também:

Cotidiano

Pudins, existencialismo e os nós em meu peito

O pudim não acabava, o dia não acabava, os problemas não acabavam. Lembrei da noite anterior, quando havia ficado acordado até as cinco da manhã, preocupado com o tudo e pensando no nada. Eu já estava me acostumando com a ideia de ser doido e procurei um psiquiatra.

Curta Caminhos no Facebook

274