Início Crônicas, contos e poesias

Crônicas, contos e poesias

Eu sou um maluco beleza.

Eu sou um maluco beleza. Não gosto de fingimentos e relações por interesse. Tampouco ser ignorado ou tratado como um saco de batatas. Não tenho preço, por favor, não insistam

Marinalva e o Santo Casamenteiro

Marinalva foi à igreja pedir a Santo Antônio que a ajudasse a achar seu grande amor e terminou encontrando o santo pessoalmente.

Estavam dispostos a morrer de paixão

Estavam dispostos a morrer de paixão, caso não perecessem antes pelo dito maldito, pelo sentido mal-acabado, do encontro falido.

Ikigai e as ironias da vida

Nem todos somos capazes de encontrar o que os japoneses chamam de Ikigai, a plenitude entre paixão, profissão, missão e vocação, contudo, o charme (ou ironia) da vida se dá no fato que nada nos impede de ser um contador que ainda ama jogar futebol ou um porteiro que toca diariamente seu violino.

Ao amor que foi e sempre será

Desejo apenas que não coloquemos metas e expectativas, que possamos viver o presente de forma intensa e verdadeira, seguindo nossos corações e buscando aperfeiçoamento e realização em tudo aquilo que almejarmos

Quando acaba a tempestade

De repente a tempestade se dissipou. Tão rapidamente quanto sua chegada, foi sua partida. E eu saí de trás das nuvens. Era noite ainda, mas pude olhar de novo o ceú claro, limpo e, mesmo sem estrelas, iluminado.

Vamos a Belém – Uma história de Natal

Melquior, Baltasar e Gaspar, três refugiados persas, receberam uma semana antes do Natal o comunicado de que o seu pedido de asilo político na Alemanha fora recusado e resolveram ir para o Brasil para visitar o amigo José, sua esposa Maria e o filho Jesus, que estava para nascer, em Belém do Pará.

Saudade de quando as coisas eram mais simples

Saudade de quando as coisas eram mais simples e não vivíamos sufocados por tantas complicações. Ou era a gente que não complicava tanto as coisas?

Eu, o homem e a bicicleta – sobre o que importa de verdade

Uma reflexão sobre o que importa de verdade: o que foi conquistado com o próprio esforço. As coisas não deveriam ser tão descartáveis como temos feito parecer.

Conecte-se

Siga a página de Caminhos no Facebook e acompanhe as publicações do site.

Comente via Facebook