sábado, 6 junho 2020

“Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados”

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.

O Bicho-sabão

- Caminhos recomenda -

Você conhece o Bicho-sabão? Não?
Então você deveria conhecê-lo!

O Bicho-sabão é um bichinho muito interessante, diferente de outros bichos que a gente conhece.

O bicho-sabão
O bicho-sabão feliz, dando cambalhota

Apesar do nome, o Bicho-sabão não é feito de sabão. Ele se chama assim por ser lisinho como sabão e escorregar para longe, assim que alguém tenta segurá-lo.

Por isso, ninguém consegue agarrá-lo. Basta tentar e ele escorrega e dá no pé!

- Publicidade -

O Bicho-sabão é um animalzinho muito sorridente, que passa os outros bichos muita energia positiva, alegra a floresta e ilumina onde é escuro.

O Bicho-sabão adora música
e só vive cantando,
sorrindo
e brincando!

O bicho-sabão cantando

É uma gracinha esse Bicho-sabão!

O Bicho-sabão é feito de liberdade. Ele nasceu para ser livre. Se for preso, entristece e fica deprimido.

Todos os animais da floresta gostavam do Bicho-sabão, não, espere aí, nem todos. Havia um bicho estranho, que não gostava: o Bicho-vinagre.

O Bicho-vinagre não era feito de vinagre. Ele se chamava assim por ser um bicho azedo, mal-humorado, que não gostava de ninguém. E ninguém gostava dele.

Assim, o Bicho-vinagre não gostava nadinha do Bicho-sabão porque se sentia incomodado por sua alegria.

Um dia, com muita raiva, o Bicho-vinagre fez uma gaiola bem forte, armou uma emboscada e prendeu o Bicho-sabão. Depois, pendurou a gaiola numa árvore, bem no alto, para que todos os outros animais vissem o Bicho-sabão preso e triste.

O bicho-sabão na gaiola do bicho-vinagre

E o Bicho-sabão ficou realmente triste, perdeu o sorriso e parou de iluminar a floresta com sua alegria.

A floresta escureceu e os outros bichos também ficaram tristes e sentiram muita falta do sorriso do Bicho-sabão.

O bicho-sabão
O bicho-sabão triste

Enquanto o Bicho-sabão ficava mais e mais triste, todos na floresta pensavam:

“Não se pode prender a liberdade! Triste assim, o Bicho-sabão vai morrer e com ele a liberdade também morrerá!”

Somente o Bicho-vinagre estava muito satisfeito com o bicho-sabão como seu prisioneiro.

Mas, então, começou a chover na floresta. O Bicho-sabão tomou muita chuva e ficou até um pouco resfriado, mas, molhadinho, o Bicho-sabão é mesmo como sabão: escorrega que é uma beleza!

E o Bicho-sabão escorregou da gaiola
e voltou a sorrir,
a cantar,
a brincar.

E toda a floresta clareou
e voltou a sorrir,
a cantar,
a brincar.

Muito triste, o Bicho-vinagre continuou azedo, mas entendeu que não se pode prender a liberdade e foi embora da floresta para morar sozinho numa caverna.

Os outros bichos fizeram uma grande festa e tinham uma surpresa: trouxeram muitas flores e, com elas, fizeram perfume e o derramaram em cima do Bicho-sabão.

O bicho-sabonete

O Bicho-sabão, além de livre, alegre e brincalhão, também ficou perfumado, o que o deixou ainda mais feliz. E, hoje, assim tão cheirosinho, ninguém o chama mais de Bicho-sabão. Os animais da floresta o batizaram de Bicho-sabonete.

Fim.

- Publicidade -

A autora/o autor:

Avatar
Gustl Rosenkranzhttps://gustl-rosenkranz.de/
Blogueiro apaixonado por palavras, viciado em escrever, sem luvas, tocando no assunto, porque gosta e porque precisa.
Comente via Facebook

Latest Posts

Muitos sobreviverão à Covid 19, mas permanecerão mortos por dentro

Muitos sobreviverão à Covid 19, mas permanecerão mortos por dentro. E o pior é que teste médico algum é capaz de diagnosticar isso.

Ser gay é falta de gás carbônico

A teoria de que para ser gay nasta respirar pouco gás carbônico, com exemplos concretos e muita ironia. Vale a pena a leitura, mais ainda a reflexão.

Fique com alguém que você aceite. Ninguém muda ninguém.

Aceitar não quer dizer que você deve ser permissivo com aquilo que te faz mal. Significa que você deve analisar bem aquilo...