sexta-feira, 10 julho 2020

“Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados”

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.
Início Família Cães e gatos fazem parte da família, sim!

Cães e gatos fazem parte da família, sim!

Cães e gatos nos salvam da solidão, da angústia, da tristeza, tornando-nos melhores, mais felizes, aumentando nossa fé. Porque quem convive com esse amor tem a certeza de que eles estarão nos esperando na eternidade.

- Caminhos recomenda -

Gosto de gente que ama, que se entrega, que é verdadeira e transparente, sem meias verdades. Gosto de gente que se importa, que se dedica, que se entrega. Gente que faz valer a pena cada minuto ao seu lado, que fica ali junto, haja o que houver, faça sol ou pairem nuvens sobre nossas cabeças. É por isso que prezo tanto a companhia de cães e gatos.

Somente quem possui animais de estimação é capaz de compreender o que significa receber um amor tão puro, incondicional e verdadeiro, sem cobranças, sem impor condições, a qualquer hora, em qualquer lugar. Trata-se de uma ligação inexplicável, de um entendimento sem precedentes, porque somos amados por eles sem precisarmos fazer nada além de existir.

Não importa a maneira como chegamos a nossas casas, se sorrindo ou não, nossos queridos estarão nos esperando, sempre, sem dúvida alguma, esfuziantes e felizes, como se não nos vissem há anos. Somos a pessoa mais importante na vida deles, fazemos uma falta tremenda e não nos sentiremos invisíveis ao seu lado, jamais. Na solidão e nos momentos de dor, poderemos ao menos contar com seus olhares, seu silêncio, sua compreensão muda.

Cães e gatos fazem parte da família, sim

- Publicidade -


Muitas pessoas criticam esse amor aos animais, como se ele nos tornasse cegos às carências dos seres humanos. Bobagem. O amor é infinito, nele cabe todo mundo, ou seja, amar os animais não significa que se ignoram as mazelas dos seres humanos, muito pelo contrário. Os animais nos ensinam, com o seu exemplo, a amar e a olhar além de si mesmo, a quem quer que seja, sem distinção. É perfeitamente possível conciliar gente e bichos em nossas vidas.


A vida já é dura demais, para procurarmos problemas em tudo, para questionarmos até o tipo de amor que os outros sentem e por quem. Deixem-nos amá-los, mimá-los, permitir que subam nos sofás, na cama, ocupando todos os espaços em nossas casas e em nossos corações. Cães e gatos nos salvam da solidão, da angústia, da tristeza, tornando-nos melhores, mais felizes, aumentando nossa fé.

Porque quem convive com esse amor tem a certeza de que nossos bichinhos estarão nos esperando na eternidade. Porque não há morte que seja mais forte do que esse sentimento que nos une aos nossos familiares peludos.

- Publicidade -

A autora/o autor:

Marcel Camargo
Marcel Camargohttps://www.profmarcelcamargo.com/
Graduado em Letras e Mestre em "História, Filosofia e Educação" pela Unicamp/SP, atua como Supervisor de Ensino e como Professor Universitário e de Educação Básica. É apaixonado por leituras, filmes, músicas, chocolate e pela família.
Comente via Facebook

Latest Posts

Muitos sobreviverão à Covid 19, mas permanecerão mortos por dentro

Muitos sobreviverão à Covid 19, mas permanecerão mortos por dentro. E o pior é que teste médico algum é capaz de diagnosticar isso.

Ser gay é falta de gás carbônico

A teoria de que para ser gay nasta respirar pouco gás carbônico, com exemplos concretos e muita ironia. Vale a pena a leitura, mais ainda a reflexão.

Fique com alguém que você aceite. Ninguém muda ninguém.

Aceitar não quer dizer que você deve ser permissivo com aquilo que te faz mal. Significa que você deve analisar bem aquilo...