Início Mundo virtual

Mundo virtual

Qual a nossa responsabilidade no uso das redes sociais?

A internet é utilizada diariamente por 3,2 bilhões de pessoas no mundo, mas será que sabemos utilizá-la com responsabilidade e ética?

Excesso de informação produz mentes inquietas

Estresse e ansiedade estão entre as principais consequências devido ao uso exagerado de mídias sociais.

Minha família não cabe no Whatsapp

Perguntei-me como seria se minha família tivesse um grupo no WhatsApp, como as outras famílias, mas constatei que não daria, pois acho que funcionamos um pouco diferente. Minha família tornou-se estranha nessa época digital. Nos reunimos todos aos domingos e não fotografamos nada, na maioria das vezes.

Felicidade, Facebook e solidão contemporânea

É como se a vida real tivesse se tornado uma extensão, um plug-in da rede, melhor, um aplicativo que baixa-se no play store.

Sobre pessoas que curtem e compartilham posts em redes sociais sem nem saber do que se trata

O mundo virtual é um mundo de aparências, semelhante ao livro que as pessoas carregavam consigo antigamente sem nunca o ter lido.

A autoestima na era do selfie

Esse excesso de autoestima, ao invés de demonstrar que as pessoas estão seguras e felizes consigo mesmas, mostram, na verdade, o contrário: uma auto insatisfação constante e a necessidade de parecer, muito maior do que a necessidade de realmente ser.

Quando o relacionamento virtual se torna paixão

A paixão na “vida real” já traz em seu bojo questoes como a busca do outro no que falta em nós mesmos e da realizaçao das nossas fantasias e idealizações. E quando isso é virtual? Imaginem o turbilhão de fantasias desta paixão idealizada e de sobra, virtualmente?

Apareço, Logo Existo: O mundo das aparências por Bauman, Nietzsche e Shakespeare

A internet é um paraíso digital no qual podemos selecionar um mundo só nosso: somos mais bonitos, mais pacientes e mais inteligentes. Para fugir do inferno dantesco que é a realidade, basta uma espaçonave para o mundo digital. Quem topa a viagem?

Carencia afetiva e necessidade de autoafirmação nas redes sociais

Com a democratização do acesso à internet e redes sociais, foram internalizados novos aspectos comportamentais e agregados novos valores sociais. Através destes contextos, criamos muitas vezes uma realidade pré-fabricada a partir das nossas carências afetivas e emocionais, sendo as redes sociais o grande termômetro da insatisfação e insegurança das pessoas consigo mesmas.

Conecte-se

Siga a página de Caminhos no Facebook e acompanhe as publicações do site.

Comente via Facebook