sexta-feira, 5 junho 2020

“Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados”

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.
Início Relacionamentos

Relacionamentos

Não é beleza que procuramos em alguém, mas maturidade e responsabilidade.

A gente não está a procura de beleza, de rostos bonitos e corpos sarados. Queremos maturidade e responsabilidade, o que tem se tornado cada vez mais raro.

Liberte-se dos cafajestes de plantão

"Caso estejamos incertos quanto à qualidade do amor que devemos - e merecemos - receber, estaremos vulneráveis a nos entregar ao que não nos completa nem acrescenta. Dessa forma, acabaremos colocando para dentro de nossas vidas os cafajestes de plantão."

Quando o encanto vai embora, o amor vai junto com ele

Se você está feliz com o relacionamento que está vivendo, atente-se a ele e cerque-o de cuidados. Se o encanto partir, o amor fará suas malas e não ficará, nem por decreto. Partirá também. Não existe relacionamento capaz de sobreviver a essas mudanças.

O amor é feito de oportunidades que só os corajosos aproveitam

Embora existam inúmeros fatores negativos ou que possam nos fazer desacreditar do amor e da possibilidade de ter alguém que possa ser importante, é preciso estar aberto às oportunidades que a vida lhe dá, pois, enquanto reclama, essa oportunidade pode estar batendo à sua porta sem que você a deixe entrar.

Quando o amor machuca…

Existem relacionamentos que podem ser chamados de tudo, menos de amorosos, visto estarem impregnados de violência - física e verbal -, de rancor, competição e castração.

Não se sinta trouxa por ter acreditado, infelizmente te disseram mentiras bem fantásticas

Já acreditei em tantas pessoas estranhas, em tantos santos do pau oco sem piedade alguma, em tantas promessas da boca para a fora, em tantos caminhos cheios de encruzilhadas. Já acreditei em despachos, mandingas e homens sapos. Já me perdi em romances e me achei perdida em um lençol de casal. A vida tem dessas coisas… já me senti trouxa, e não foi apenas uma vez.

Estavam dispostos a morrer de paixão

Estavam dispostos a morrer de paixão, caso não perecessem antes pelo dito maldito, pelo sentido mal-acabado, do encontro falido.

Ao amor que foi e sempre será

Desejo apenas que não coloquemos metas e expectativas, que possamos viver o presente de forma intensa e verdadeira, seguindo nossos corações e buscando aperfeiçoamento e realização em tudo aquilo que almejarmos

O amor não consiste na ausência de conflitos, mas na habilidade de lidar com eles

O amor não é sinônimo de ausência de tempestades, é um equivoco pensar que o amor não tem lá os seus dias ruins.
- Caminhos recomenda -

Categorias