Início Saúde & Bem-estar A mágica que faz o chocolate de nos deixar mais felizes

A mágica que faz o chocolate de nos deixar mais felizes

Diz a lenda que Quetzalcóatl, cultuado como deus do vento e da luz pelos astecas, quis dar aos mortais um presente que lhes traria energia e prazer. Ele foi ao reino dos filhos do sol para roubar da árvore sagrada umas sementes de cacau para presentear o povo da terra.

Conta-se ainda que essa bebida era apenas dada aos religiosos da época e os rituais exigiam que se fosse bebida em uma taça de ouro.

Já no século XVI, o comandante espanhol Hernan Cortez comentou com o rei Carlos V que os soldados que bebiam cacau sentiam-se revigorados, mesmo após um dia inteiro de caminhadas intensas. E esse efeito energético não é de se espantar, já que apenas 100 gramas possuem mais de 500 calorias.

A mágica que faz o chocolate de deixar-nos mais felizes

5 grandes benefícios do cacau

Bons nutrientes

O chocolate puro contém pouca gordura e boas quantidades de magnésio, mineral essencial para uma vida saudável.

Reduz colesterol

A Sociedade Americana de Química publicou um estudo que comprovou que o os polifenóis presentes no chocolate ajudam a prevenir o aumento do colesterol ruim (o LDL).

Deixa-nos mais felizes (efeito antidepressivo)

A feniletilamina, substância que nosso cérebro produz quando estamos apaixonados, é liberada quando comemos chocolate. Portanto chocolate é um antidepressivo natural.

Amigo do coração

Chocolate meio amargo, melhora o funcionamento dos vasos sanguíneos e seus antioxidantes melhoram a função endotelial, que é a capacidade da artéria se dilatar.

Ajuda a acabar com a tosse

Pequenas quantidades de chocolate diminuem ataques de tosse por conter teobromina. A teobromina reduz a atividade do nervo vago, localizado no crânio. Alguns cientistas acreditam que a teobromina pode ser até 1/3 mais eficaz que a codeína, medicamento muito usado para combater episódios de tosse.

chocolate

Agora mais 5 fatos curiosos

  1. No tempo dos astecas, podia-se comprar os serviços de uma cortesã com 12 sementes de cacau, já com 100, podia-se ter um escravo.
  2. No século XVI, era nos mosteiros que se aprimoravam as receitas, foram os monges que melhoraram os processos de torrefação e o transformaram em barras, que era posteriormente derretida na água quente e consumidas nos salões aristocráticos da época.
  3. Até 1897, o chocolate era áspero e grumoso. Foi o suíço Rudolf Lindt que juntou pela primeira vez a manteiga ao cacau e lhe deu uma textura aveludada, em um recipiente com forma de concha. Esse processo inventado por ele é chamado conchagem.
  4. O cacaueiro vive mais de 100 anos e tem sua produção de frutos, ao máximo, entre os 3 e os 30 anos.
  5. Nada de espinhas. A acne não é provocada pelo cacau. O que causa acne são as misturas gordurosas dos chocolates industrializados, ricas em açúcar, margarinas e gorduras vegetais. Porém, os chocolates de boa qualidade não tem esse problema.

Comentários via Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Conecte-se!

Siga a página de Caminhos no Facebook e acompanhe as publicações do site.

Comentários via Facebook