Tag:Datas e feriados

O Natal está chegando! Prepare seus melhores sentimentos.

Estamos vivendo o período mais festivo do ano. Tempo de confraternização, presentes, encontros e reencontros. Deixe-se levar pelos bons sentimentos que estão no ar e aproveite a festa; permita-se contagiar por eles.

Desejar renovação no Ano Novo faz parte do show, mas não leva a nada

Todos os anos a mesma coisa, os mesmos costumes e o mesmo desejo: que o novo ano seja diferente. Mas esse desejo só transforma quando vem de dentro para fora e todos os dias!

365 dias para se fazer histórias…

Um novo ano sempre nos promete um respirar melhor, porém temos que arregaçar as mangas e seguir um caminho. O simples despertar todas as manhãs já é o melhor presente que recebemos quando nossos olhos se abrem, basta apenas a vontade de viver e sorrir.

Vamos a Belém – Uma história de Natal

Melquior, Baltasar e Gaspar, três refugiados persas, receberam uma semana antes do Natal o comunicado de que o seu pedido de asilo político na Alemanha fora recusado e resolveram ir para o Brasil para visitar o amigo José, sua esposa Maria e o filho Jesus, que estava para nascer, em Belém do Pará.

É Natal: entenda o amor de Deus por você

O mais encantador no Natal é o poder que ele tem de provar que somos importantes. O período natalino traz ensinamentos que podem nos reconstruir como pessoas.

“Mulheres de A a Z”

Porque tudo que é bom, tem um dia especial! E, viva nós mulheres! Viva o nosso dia!

Ninguém nasce mulher, torna-se mulher: Simone de Beauvoir e a Posição da Mulher na Sociedade

A ideia de submissão feminina, da escolha de uma cor que a represente (rosa), de uma roupa apropriada para o seu sexo (saia, blusa, vestido), da potencialidade ”inerente” de lavar louça; são percepções cauterizadas e condicionadas pela tradição e não pelo código genético.

O turbilhão da paixão – Feliz dia de São Valentim

14 de fevereiro é o dia de São Valentim, comemorado em muitos países do mundo como Dia dos Namorados.

Quero um Natal pequeno…

Tamanho não é documento e Natal grande é Natal inchado, cheio de coisas boas, mas também de coisas que distraem, estressam, irritam, custam caro, afastam, dividem e nos fazem perder de vista o sentido da festa.

Conecte-se!

Siga a página de Caminhos no Facebook e acompanhe as publicações do site.

Comente via Facebook