Tag:Relações amorosas

Talvez a gente se esbarre e se conheça de novo com o olhar mais maduro e o coração mais decidido

Eu achava que, aos poucos, a gente morria de amor, depois do fim, depois da despedida, mas não, ninguém morre.

Juntos ou separados: pai é pai, mãe é mãe

Pai e mãe não se separam. Se o casal se separa, quem se separou foi a mulher e o homem, não a mãe e o pai, que continuam tendo a mesma responsabilidade e as mesmas obrigações perante os filhos.

A maior riqueza de duas pessoas é o que fica entre quatro paredes

Benditos sejam os amantes afeitos a exibir seu amor ao mundo, empurrar juntos o carrinho do supermercado, beijar em público, esperar a tardinha em sorveterias de bairro. Que sejam felizes como felizes estamos nós, que escolhemos o caminho inverso. Nem piores, nem melhores. Apenas e tão somente nós. O que é nosso, amor, por escolha nossa, há de ficar aqui.

Chega de príncipes encantados. A vida precisa é de sapos encantadores

Desista, moça. Conforme-se, amigo. Não existe príncipe encantado. Pelo menos não aqui, do lado de fora dos contos de fada, longe das novelas de TV, para além dos filmes de amor.

“Onde não puderes amar, não te demores” (Frida Kahlo)

Por acaso, seria possível ser feliz com ações que não contêm em si o melhor do nosso amor?

Quem ama comete loucuras

"Amar é preciso, porque viver é preciso. Vivemos melhor e mais felizes quando amamos, quando compartilhamos sonhos, sentimentos e bagagem com quem é sincero e admira tudo o que temos, somos e queremos. Tornamo-nos mais reais e seguros quando estamos certos de que alguém está ali do nosso lado, torcendo por nós e pronto para amparar as nossas quedas."

Marinalva e o Santo Casamenteiro

Marinalva foi à igreja pedir a Santo Antônio que a ajudasse a achar seu grande amor e terminou encontrando o santo pessoalmente.

Não é beleza que procuramos em alguém, mas maturidade e responsabilidade.

A gente não está a procura de beleza, de rostos bonitos e corpos sarados. Queremos maturidade e responsabilidade, o que tem se tornado cada vez mais raro.

Conecte-se!

Siga a página de Caminhos no Facebook e acompanhe as publicações do site.