domingo, 31 maio 2020

“Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados”

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.
Início Tags Seleção Caminhos

Seleção Caminhos

Indo à praia na Alemanha. Ops, peraí, que praia?

Praia na Alemanha pode ser tudo (linda, interessante, deslumbrante…), ela só não tem gosto de praia

A mágica que faz o chocolate de nos deixar mais felizes

Se você, quando come chocolate, sente seu ânimo se elevar, talvez você esteja com razão.

Ikigai e as ironias da vida

Nem todos somos capazes de encontrar o que os japoneses chamam de Ikigai, a plenitude entre paixão, profissão, missão e vocação, contudo, o charme (ou ironia) da vida se dá no fato que nada nos impede de ser um contador que ainda ama jogar futebol ou um porteiro que toca diariamente seu violino.

Por que pobre que deixa de ser pobre gosta de pisar em pobre?

Já é incompreensível ver gente rica de muito tempo tratando pobre como gente de segunda categoria, numa desumanidade que assusta. Isso já é difícil de entender, mas, agora, ver gente que conheceu a pobreza se vestindo de arrogância e prepotência para se achar melhor que outros que (ainda) não conseguiram sair da pobreza é que não dá para entender mesmo.

O mundo precisa de pessoas inúteis

De que me adianta viver sem poesia? A poesia é o que me faz diferente, é o que me torna único, é o que me faz sonhar e ter essa incessante vontade de dobrar a realidade.

Vamos a Belém – Uma história de Natal

Melquior, Baltasar e Gaspar, três refugiados persas, receberam uma semana antes do Natal o comunicado de que o seu pedido de asilo político na Alemanha fora recusado e resolveram ir para o Brasil para visitar o amigo José, sua esposa Maria e o filho Jesus, que estava para nascer, em Belém do Pará.

“Quanto mais vazia a carreta, maior o barulho que faz”.

O excesso sufoca, impede o pensamento, aniquila o espaço da troca e da criatividade.

O que eu vou ser quando meu filho crescer?

Depois de cumprirmos essa missão com êxito, nos sobrará o tempo, e seremos melhores em qualquer coisa que decidirmos fazer, pois depois da maternidade mudamos nosso olhar sobre o mundo, somos menos exigentes, mais gentis, persistentes e, sobretudo, mais fortes.

Às vezes, a ovelha negra é a pessoa mais sadia da família

É preciso muita cautela ao julgar alguém que já foi julgado, pelas pessoas ou pelos familiares, como sendo uma ovelha negra, visto que somente a convivência e o tempo é que mostram realmente o que cada um é de fato.
- Caminhos recomenda -